quarta-feira, 23 de julho de 2014

SECRETARIA DE SEGURANÇA DO ESTADO EXPLICA NÚMEROS DE MORTOS

A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed/RN) vem por meio desta nota comunicar que, ao contrário do noticiado, o número de homicídios no RN não chegou aos mil casos. Tanto por discrepância entre os números divulgados, quanto pela ausência de distinção entre ‘morte por crime violento’ e ‘óbito’. Conforme dados oficiais elaborados pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), elaborados com informações do Portal SISNECRO, que é o sistema utilizado pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep) até o dia 09 de julho deste ano, foram registradas 903 mortes violentas.


Porém, os crimes violentos estão subdivididos em: homicídio, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e confronto com a polícia. Neste último caso, o Código Penal Brasileiro aponta: “Art. 23 – Não há crime quando o agente pratica o fato: III – em estrito cumprimento do dever legal ou no exercício regular de direito”. Sendo assim, no período de 1º de janeiro a 9 de julho deste ano deverão ser contabilizados 881 homicídios, uma vez que 22 dos casos computados a vítima morreu em confronto com a polícia, segundo os mesmos dados do Ciosp.


A distribuição do número de ocorrências registradas pelo ITEP, tipo crimes violentos letais, por tipo, de 01 de janeiro a 09 de julho de 2014, no Estado foi de 688 para homicídio doloso, 170 para lesão corporal seguida de morte, 23 roubo seguido de morte (latrocínio) e 22 mortes de confrontos com a polícia. Destaca-se ainda que os casos de morte apontados pelo Itep como ‘a esclarecer’ tem sido computados dentro do número total de mortes, o que leva a uma leitura incorreta dos dados.



RN APRESENTA NÚMERO MELHORES EM RELAÇÃO A CAPITAIS DO NORDESTE



Uma análise do cenário nacional e regional revela que o Rio Grande do Norte apresenta uma taxa de homicídios menor do que em estados limítrofes. No RN são 34,7 homicídios para cada 100 mil habitantes, enquanto que em estados limítrofes, como Pernambuco (37,1), Paraíba (40,1) e Ceará (44,6), a incidência de mortes violentas é maior. No Brasil, essa taxa fica em 25,2 para cada 100 mil habitantes. Além disso, mesmo com um aumento nos homicídios em Natal, as cidades de Fortaleza, com índice de 72,8, e João Pessoa, com 66,9, estão classificadas entre as 10 cidades mais violentas do mundo, na 7ª e 9ª posições respectivamente, com Natal aparecendo na 12ª colocação, com taxa de 57,6.


GOVERNO DO ESTADO ADQUIRE MATERIAIS E CONVOCA APROVADOS NA POLÍCIA CIVIL


Para reforçar a estrutura dos órgãos de segurança pública do Rio Grande do Norte, o Governo do Estado investiu mais de 31 milhões de reais, em 2014, para aquisição de equipamentos para uso na atividade policial. Dentre eles, destaque para os materiais adquiridos para as Polícias Civil e Militar: veículos sem compartimento de prisão (50), Furgão para transporte de equipamentos táticos (3), motocicletas (60), algemas (1824), pistolas automáticas (500), fuzis de Precisão (4), escudos e capacetes Nível III para o Bope (40), coletes balísticos (3020), rádios portáteis digitais (1200), munição (56 mil) e capacetes para controle de distúrbios civis (300), além de outros materiais. O investimento totalizou cerca de R$ 31,1 milhões de reais investidos pelo Governo do Estado.


Além disso, foram convocados também, somente neste ano, quase 90 novos policiais civis que estavam formados e aguardavam nomeação para assumir seus cargos. A distribuição foi de 16 delegados, 19 escrivães e 49 agentes. Não obstante as dificuldades de ordem orçamentária e/ou de responsabilidade fiscal, os dados acima revelam que o Governo do Estado mantém seu compromisso com a Segurança Pública e com a sociedade potiguar, a fim de dar-lhe a devida proteção.



POLICIA MILITAR REFORÇA POLICIAMENTO ATRAVÉS DE OPERAÇÕES



A Polícia Militar, por sua vez, tem intensificado o número de operações nas ruas como forma de mostrar que o patrulhamento ostensivo vem acontecendo. Destacamos as Operações Divisa Segura, realizadas através de parceria entre as Polícias Militar e Civil do RN e estados vizinhos, como Ceará e Paraíba, para abordagem de veículos em trânsito entre as unidades federativas. Entre abril e julho deste ano já foram realizadas nove destas missões. Além destas, ocorreram também duas Operações Cadeado, nas fronteiras do Estado, a Operação São João, nas cidades de Assú e Mossoró, Operação Verão e Operação Carnaval. A Polícia Militar também irá acompanhar a Festa de Sant’Ana no município de Caicó com o auxílio do Centro Integrado de Comando e Controle Móvel (Ciccm/RN), assim como foi utilizado no Mossoró Cidade Junina.


Finalizamos informando que estamos com gestões junto ao Ministério da Justiça (MJ) para recebermos o reforço da Força Nacional de Segurança para as ações de Polícia Investigativa, para cobrir as deficiências de efetivo da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. Reforçamos nosso compromisso com a defesa da sociedade e fazemos o chamamento aos profissionais de Segurança Pública de que cada um deve cumprir o seu papel, conforme os compromissos profissionais assumidos.


CONVÊNIO UFRN/SEEC LEVA CURSOS TÉCNICOS AO INTERIOR

Convênio entre a UFRN e a Secretaria estadual de Educação levou Pronatec para o interior do RN
A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e a secretaria de Estado da Educação e Cultura (SEEC) vão ofertar 13 cursos técnicos profissionalizantes em 19 escolas públicas de 25 municípios do Estado. Para tanto, firmaram parceria com o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado pelo Governo Federal em 2011, para ampliar a educação profissional e tecnológica no país.

Da parte da UFRN, a parceria prevê a oferta dos cursos por meio do corpo docente e da coordenação técnica da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), destaque nacional por interiorizar, desde 2011, as ações do Pronatec. Por sua vez, o Governo do Estado vai disponibilizar as escolas públicas nos 25 municípios solicitantes desse serviço educacional.

Cidadania
Para o coordenador do Pronatec/EAJ, João Inácio, essa parceria UFRN/Seec ajuda a promover a cidadania porque qualifica os jovens do Rio Grande do Norte. O Pronatec/EAJ está atuando em mais de 70 municípios, mudando a feição dos concluintes e promovendo o desenvolvimento dos locais onde funciona, informou o coordenador. “Com o apoio da Secretaria Estadual de Educação, vamos continuar avançando e transformando o Rio Grande do Norte”, completou João Inácio.

Para o diretor da EAJ, Júlio Cesar Neto,  a parceria da UFRN, SEEC e Governo Federal contribui para que o Programa atinja seu objetivo maior, que é interiorizar e democratizar a oferta da Educação Profissional Técnica. Segundo ele, “O Pronatec precisa atender a maior quantidade de jovens e trabalhadores tanto na zona urbana, quanto rural do Rio Grande do Norte. Graças a esse apoio do Governo Federal, UFRN, Prefeituras e SEEC, temos desenvolvido um trabalho que vai além das instalações da Escola Agrícola de Jundiaí”.

Cursos oferecidos
Técnico de Segurança do Trabalho; Manutenção e Suporte em Informática; Agroecologia; Guia de Turismo; Informática; Comércio; Mineração; Logística; Hospedagem; Fruticultura; Agronegócio; Cooperativismo e Agropecuária.

Municípios contemplados
Angicos, Apodi, Arês, Assu, Caicó, Caraúbas, Currais Novos, Guamaré, Itajá, João Câmara, Jucurutu, Martins, Mossoró, Natal, Pau dos Ferros, Pedro Avelino, Pendências, Rio do Fogo, São Gonçalo do Amarante, Serra do Mel, Serra de São Bento, Santa Cruz, Tibau do Sul, Touros e Umarizal, nas Escolas Estaduais Calpúrnia Caldas, Manoel Salustino, Desembargador Floriano Cavalcante, José Fernandes Machado, Rui Barbosa, Joaquim Inácio, José Fernandes de Melo, Josefa Sampaio, Padre José Maria Biezinger, Francisco Veras, Professor J. Torres, Zenon de Souza, Lavosier Maia Sobrinho, Isabel Barbosa Vieira, Tabelião Júlio Maria, João Manoel Pessoa, Francisco de Assis Bittencourt, Monsenhor Honório, Jacaúma e Monsenhor Joaquim Honório.


Tem acesso ao Pronatec o aluno com idade acima de 15 anos, que esteja cursando o Ensino Médio regular. Além desse critério, a seleção considerou a média do último ano das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática. “Esse novo formato de educação técnica privilegia a formação integral e humanística”, disse Suerda Maria Nogueira do Nascimento, subcoordenadora de Educação Profissional da Seec. A previsão da subcoordenadoria é que em 2015 o número de escolas atendidas sejam 100% a mais que em 2014.

CANDIDATO AO GOVERNO DO ESTADO, ROBINSON FARIA NÃO VAI REJEITAR VOTO DE ROSALBA

Robinson Faria, Candidato ao Governo do Estado
O candidato ao Governo do Estado pelo Partido Social Democrático (PSD), Robinson Faria, afirmou que não pretende fazer restrições a um eventual voto por parte da governadora Rosalba Ciarlini (DEM). O postulante à chefia do Poder Executivo norte-rio-grandense no embate eleitoral de 5 de outubro considerou deselegante rejeitar o voto de quem quer que seja. “Rosalba  é uma cidadã, é uma mulher. Ela, ou Maria, ou Marisa ou qualquer pessoa tem o livre arbítrio para votar em quem quiser. Eu não sou prepotente ou arrogante para rejeitar o voto de ninguém”, argumentou o presidente regional do PSD.

O candidato Robinson Faria rememorou o processo eleitoral de 2010, quando emprestou seu capital político para eleger a então senadora Rosalba Ciarlini naquele pleito e deixou a administração estadual por divergir tanto politicamente quanto administrativamente da atual gestão. “O candidato do acórdão não votou em Rosalba, aderiu e indicou nomes para 7 secretarias do governo. Passou quatro anos no governo e, de maneira oportunista, rompeu para apresentar um discurso de oposição”, alfinetou o candidato, referindo-se claramente ao presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves que aderiu ao governo rosalbista, embora tenha feita campanha em favor do ex-governador Iberê Ferreira de Sousa.

No que se refere ao atual cenário político, o vice-governador Robinson Faria foi questionado a respeito do apoio de Rosalba Ciarlini este ano. Robinson disse entender que a governadora é livre e vota em quem quiser ou desejar. “Rosalba tem direito de escolher quem vai apoiar. Isso é o livre arbítrio, ela vota em quem quiser”, raciocinou o candidato ao Governo do Estado.

Robinson, ainda abordou as suas propostas caso seja eleito e em relação à segurança pública, ele ressalta que estuda esse setor desde que era deputado. Para ele, estamos vivendo os piores momentos da segurança pública. Em seu plano de governo, o primeiro passo é convocar policias e abrir exceções diante do limite.

Dentre as suas principais metas caso seja eleito governador do Rio Grande do Norte, especificamente para Educação estão a adequação do Plano Estadual de Educação e tempo integral para escolas públicas de Ensino Médio. “Trabalho com inovação e ousadia e vamos premiar o bom serviço”, afirma o vice-governador e candidato à chefia do Executivo.

O candidato ao governo pelo PSD também defende o Hospital de Traumas para o RN, mas apenas para traumas e o Walfredo Gurgel deve ficar para urgências neurológica, cardiológica e cirurgias eletivas previamente marcadas. A Central do Cidadão deverá contar com um departamento onde o paciente vai marcar a cirurgia. Se eleito governador do Estado, Robinson Faria garante, que nos primeiros meses, vai colocar o birô dentro do Walfredo Gurgel e enquanto funcionar a Saúde ele vai dar expediente no hospital.

Para o setor de Turismo, a arma do governo será o diálogo e o secretário da pasta será uma pessoa que saia do trade turístico do Estado. Em relação às obras estruturantes, haverá uma conciliação com os IDHs de cada reunião de forma a melhorar o setor de emprego e renda.


Robinson Faria garante que, em sua gestão, vai quebrar a caixa preta do Idema e dá mais transparência ao órgão. “O Idema deverá ter transparência e agilidade para fomentar nossa economia”. Em relação à energia eólica, o candidato diz que vai saber qual o retorno para o Estado, pois não deixa emprego, nem ICMS para o Rio Grande do Norte. O plano é fazer um trabalho junto ao Governo Federal para que 1% da energia eólica gerada no RN sirva para fomentar uma cadeia produtiva rural.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

PREFEITURA DE ANTÔNIO MARTINS MANTÉM EM DIA ESTOQUE DE MEDICAMENTOS A DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO

Caixas com medicamentos chegam mensalmente para abastecer Farmácia Básica
Prioridade em sua gestão, o prefeito de Antonio Martins, Dr. Zé Júlio, tem mantido em dia a atenção básica à Saúde da população.

 Segundo a secretária municipal de Saúde, Clébia Fernandes, regularmente o estoque de remédios à disposição dos pacientes do município é reposto.

Para que não faltem, novos pedidos são feitos mensalmente, assegurando o abastecimento continuado de medicamentos. Esta semana chegou mais um lote.


 Em sua maioria, são medicamentos para hipertensão, diabetes, Saúde da mulher, da criança, ansiolíticos, psicotrópicos, além de material ambulatorial.

Estoque de remédios é reposto continuamente

Os remédios são disponibilizados na Farmácia Básica, do Hospital Maternidade Justino Ferreira, e distribuídos para o Centro de Saúde da cidade, Posto de Saúde do Viramundo e Centro de Saúde da Vila Pintada.

sábado, 19 de julho de 2014

ABASTECIMENTO À BEIRA DE UM COLAPSO EM ALEXANDRIA

José Juvenal, operador de bombas do SAAE, aponta onde nível da água do manancial Bananeiras chegava
Preocupante. É assim que podemos definir a situação de Alexandria, na região Alto-Oeste, quanto ao abastecimento de água. Isso porque, segundo o Serviço Autônomo de Águas e Esgotos (SAAE), caso não chova e seja mantido o consumo atual, o manancial Bananeiras, principal fonte de captação do município, deverá secar até o fim de agosto.

Essas informações foram repassadas pelo engenheiro civil do SAAE, Emmanuel Pires. Segundo ele, na quarta-feira passada, 16, o Açude Bananeiras estava com apenas 25% da capacidade. Ao atingir o nível mais elevado, o reservatório atinge 12 milhões de m³ de água. A cidade conta também com o Açude Pulgas, um reservatório auxiliar, que, no nível máximo, concentra 4 milhões de m³. Se as reservas do Açude Bananeiras se esgotarem, esse último reservatório amenizará parcialmente o drama vivido pela população.

“Caso o esgotamento do manancial Bananeiras se concretize, existe um estudo de viabilidade para que o abastecimento provenha do Açude Pulgas. No entanto, essa medida vai prolongar a oferta de água por apenas mais 30 dias”, disse o engenheiro.

Emmanuel acrescenta que há outro estudo de viabilidade para limpeza de dois poços artesianos, os quais reforçariam o abastecimento. Contudo, segundo o engenheiro, o volume de água também auxiliaria apenas por mais 30 dias. “Talvez as pessoas perguntem por que não perfuramos mais poços. A resposta é que não temos lençóis freáticos que supram a necessidade em termos de qualidade e quantidade”, salientou. Allenabert Nunes, assessor jurídico do SAAE, reafirmou a gravidade da falta de água no município. “Ainda não entramos em colapso, devido ao tamanho do reservatório”.

A estiagem acomete Alexandria desde 2013, contudo o cenário atual é o mais alarmante. De acordo com Emmanuel Pires, o SAAE realizou teste, reduzindo o período de disponibilidade de água para a população.

“Normalmente, cada bairro recebia água duas vezes por semana. No entanto, no mês de maio, durante dez dias, reduzimos para uma vez, com objetivo de economizar. Os resultados não foram satisfatórios, porque a medida despertou nas pessoas o interesse de reservar água, a fim de que não faltasse para os dias seguintes, o que acabou aumentando o consumo. Além disso, as casas dos pontos mais altos da cidade tinham dificuldades no abastecimento, pois o consumo elevado, nas residências que recebiam o recurso primeiro, impedia que a água chegasse com força”, destacou.

Para conter o avanço no consumo e promover a economia de água, a Prefeitura de Alexandria determinou redução em 5m³ do limite de consumo básico de água em todas as categorias. O decreto foi anunciado em 3 de julho deste ano. A publicação da matéria no Diário Oficial dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte aconteceu no dia 7 do mês corrente. Ou seja, nas ligações residenciais, o limite declinou de 20 m³ para 15m³ mensais. O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos idealizou outras ações.

“Proibimos o uso de mangueira para lavar calçadas, a utilização de vassoura hidráulica e realizamos campanha de racionamento. Além disso, 70% do volume de água para irrigação será proveniente de poços; vamos notificar todos os grandes consumidores a fim de que o consumo seja adequado; potencializar os cortes por inadimplência; e promover a substituição dos hidrômetros por outros novos”, disse o engenheiro do SAAE.

Para o SAAE, a adutora de engate rápido destinada a Pau dos Ferros seria uma alternativa para, possivelmente, aplacar a difícil realidade de Alexandria. “Se não chover e esgotar todos os recursos de abastecimento, entre as soluções apontadas em nosso plano emergencial, estão esperar a adutora de engate rápido, locação de poços e abastecimento por meio de carros-pipa”, disse Emmanuel Pires.



POPULAÇÃO EM ALERTA

Pedro da Silva é tecnólogo e mora há mais de 50 anos em Alexandria. Ele afirma que toma cuidado para não desperdiçar água. “Moro só e procuro não desperdiçar. Deixei de lavar o carro e, quando vejo vazamento, denuncio”, disse. Sobre a possibilidade de o Açude Bananeiras secar, Pedro declarou: “Secando o açude, não tem de onde vir água. Nunca vi uma situação assim. Antes da fundação do açude, faltava água em Alexandria, mas depois da construção, nunca mais havia chegado a esse ponto”.

Geraldo Saturno, 61, mora com dois filhos e a esposa e também está receoso quanto ao futuro. “É uma dor de cabeça grande. Se faltar água do reservatório, vamos ter de comprar dos carros-pipa. Está todo mundo preocupado. Minha esposa faz almoço para vender e, diante dessa situação, o trabalho dela será dificultado. Haverá problemas até mesmo para lavar louça”, disse.

Neuma Ribeiro, professora aposentada, reside em Alexandria e falou sobre a necessidade de economizar. “Estou economizando. A água que enxágua a roupa vai para limpeza da casa e calçada. A preocupação é tanta que, se eu pudesse sair falando para as pessoas economizarem água, eu saía. Não sei de onde virá água para suprir nossas necessidades”, declarou.

José Juvenal, operador de bombas do SAAE há três anos, pôde perceber com tristeza o esgotamento do Açude Bananeiras. “É um sentimento de tristeza, até porque eu também necessito da água e o açude foi construído para a comunidade. Temos que ter fé de que, no ano que vem, o reservatório alcançará um nível superior. Para enchê-lo é fácil. É porque as chuvas foram poucas mesmo”, disse.

O Serviço Autônomo de Águas e Esgotos disponibilizou telefone para denúncias sobre desperdício de água: (84) 3381-2272.

CRIME DE HOMICÍDIO EM ALEXANDRIA

Foi assassinado nesta sexta-feira (18) em uma casa próximo ao parque de vaquejada na zona rural de Alexandria, as margens da RN 079, divisa do RN/PB; o Ex-candidato a vereador no município de Alexandria, conhecido por Zé de Mariosa.

 As primeiras informações dão conta que três elementos em um carro branco praticaram o crime e saíram com destino a cidade de Bom Sucesso no Estado da Paraíba. Segundo informações, o crime ocorreu quando o mesmo parou na casa de um conhecido para lhe oferecer um som automotivo, quando foi surpreendido pelo trio, as armas usadas foram de calibres 380 e 12. 

O ITEP foi acionado, e levou o corpo para necrópsia.
Políciais Militares da cidade de Alexandria estão em diligências; e a PM PB também foi avisada.


 A policia ainda não tem informações sobre a motivação da açao criminosa.


Martins em pauta

sexta-feira, 18 de julho de 2014

CIDADE DE ANTÔNIO MARTINS É CONTEMPLADA COM VEÍCULO E COMPUTADORES PARA EQUIPAR CONSELHO TUTELAR

Presidente do Conselho, Francisco Erisbergue (Centro) ao lado dos demais conselheiros
 O Conselho Tutelar de Antonio Martins aguarda o recebimento de um kit composto de um refrigerador, um bebedouro, uma impressora matricial, cinco computadores e um veículo. Destinado pelo Ministério dos Direitos Humanos, o benefício é oriundo de uma emenda da deputada federal Fátima Bezerra (PT) ao OGU (Orçamento Geral da União) de 2014.

Nesta segunda-feira, 14 de julho, o conselheiro tutelar Michell Bezerra, ao lado das secretárias municipais Uberlânia Vieira (Administração) e Rosineide Mesquita (Assistência Social), foram em Mossoró para vistoriar o veículo, um utilitário de sete lugares, com ar condicionado, modelo Chevrolet Spin, ano 2014.
Conselho Tutelar de Antonio Martins foi contemplado com Chevrolet Spin 2014
  O kit é fruto de um termo de adesão assinado em 2013 pela Prefeitura de Antonio Martins solicitando a inclusão do município na relação de beneficiários.

 “Essa ação mostra o compromisso social e a preocupação de nossa gestão com as crianças e os adolescentes do nosso município”, enfatizou o prefeito Dr. Zé Júlio.

 O presidente do Conselho Tutelar, Francisco Erisbergue, adiantou que a vistoria do veículo era a última etapa antes da entrega do kit.


 “Estamos aguardando, agora, o emplacamento do carro para recebê-lo, juntamente com o restante dos equipamentos”, acrescentou, lembrando que o veículo será para uso exclusivo do Conselho Tutelar durante suas diligências.